Por que o licenciamento ambiental é importante e quais os riscos de um licenciamento ruim?



Durante a obtenção das licenças ambientais são avaliados os possíveis impactos de um futuro empreendimento, sejam eles grandes, pequenos, positivos ou negativos.


Entre os impactos negativos podemos listar: tanto sua capacidade de gerar líquidos poluentes (despejos e efluentes), resíduos sólidos, emissões atmosféricas e ruídos, quanto seu potencial de risco para desabamentos, explosões e incêndios.


Já os impactos positivos, em geral, estão ligados à geração de empregos, renda, à produção de matérias primas, insumos, energia, alimentos e infraestrutura.


Quando levantamentos, estudos e projetos ligados ao processo de licenciamento ambiental são realizados adequadamente, permitem que se conheça a viabilidade econômica do empreendimento no longo prazo, mensurando os principais riscos de execução, alocação e operação das atividades relacionadas ao negócio.


Em último caso, também são reduzidas as probabilidades de ocorrência de grandes sinistros, que possam consumir, em instantes, anos de trabalho e rendimentos, tanto dentro do empreendimento quanto no seu entorno, evitando multas, restaurações e indenizações ambientais que possam levar até mesmo grandes empresas a falência.


A Nordeste Sustentável possui quadros capacitados para reconhecer, mensurar e mitigar os mais diversos impactos ambientais, conte conosco para colher os melhores benefícios dos seus investimentos.


Aurélio Ribeiro.

Nordeste Sustentável

Fundador.

Email:aurelioribeiromeneses@gmail.com

Telefone: (86) 999290388



#licenciamento #licença #Semar #licençaambiental #biólogo